1 de abril de 2015

HART OF DIXIE – Sobre a 4ª e última temporada


Depois de uma terceira temporada já preocupada em atar nós – Zoe declarando seu amor para Wade, uma vez que já estava bem claro que o triângulo amoroso Wade-Zoe-George havia ficado para trás – a quarta temporada se ocupou em fechar a série sem deixar pontos em aberto.

Quem acompanhou a história da Dra. Hart e seus amigos sabe que casais foram feitos e desfeitos em um piscar de olhos e, às vésperas do final da terceira temporada, a atriz principal da série, Rachel Bilson, anunciou sua gravidez – o que levou a série a uma decisão que estava sendo empurrada com a barriga há algum tempo: fechar a história dos moradores de Bluebell antes de um inevitável cancelamento.


Nesta última temporada, com menos episódios do que o normal, a fim de conciliar a gravidez da vida real da atriz com a produção da série, os roteiristas fizeram o esperado: Zoe descobre que está grávida logo no primeiro episódio, que foi ao ar um mês antes dos demais. O pai da criança? Claro que é Wade, os espectadores já sabiam que os rumos da história levariam os dois a ficarem juntos.

Depois de descobrir sua gravidez, em nove episódios Zoe Hart precisou se entender com seu amado e resolver o que faria de sua vida, ao mesmo tempo em que outros personagens importantes também precisavam resolver suas mazelas – afinal, a série precisava acabar, né?

E por que não levar a série para frente no ano que vem? Qual seria o propósito de continuar com uma série que sempre teve como principal objetivo mostrar as confusões amorosas dos moradores de Bluebell, em especial da Dra. Hart, se já era óbvio que ela queria ficar com Wade e agora teria um filho dele? Seria chover no molhado, apenas.


Hart of Dixie tem clichês notáveis, mas sua proposta sempre foi essa: uma diversão romântica leve que podia ter ficado no ar repetindo para sempre a mesma fórmula de juntar e separar casais, até o público enjoar.

Achei a decisão de cancelamento justa, dando tempo para a série fechar com todos felizes para sempre, do jeito que o público alvo gostaria que fosse. Vou sentir saudades da leveza de assistir à Hart of Dixie, mas saudades boas – adoro quando fecham a história!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...